Campanha de prevenção à incêndios une forças e conscientiza população da região

Publicado em 02 de outubro de 2018

 

O incêndio na zona rural traz uma série de prejuízos, tanto para a população da cidade quanto para a agricultura. No campo, os efeitos têm grandes impactos negativos, como a perda de áreas inteiras de lavoura, destruição de áreas de mata e perigo para as famílias que moram em sítios e fazendas, bem como para toda a população que reside próxima às regiões incendiadas.

Esta época do ano, de clima seco, é propícia ao fogo. Por isso, é importante que a população fique atenta a atitudes simples, que podem evitar graves problemas. Para contribuir com a prevenção, a Santa Vitória Açúcar e Álcool realizou uma campanha em parceria com a Prefeitura Municipal, Polícias militar, civil e ambiental, Sindicato Rural e o 2º Pelotão de Bombeiros Militar de Ituiutaba. O objetivo da ação é criar uma rede de comunicação entre os agentes produtivos e fiscalizadores, e ampliar os canais de comunicação com a sociedade. “A campanha espera somar esforços e envolver o poder público, o setor produtivo e a sociedade para evitar ainda mais prejuízos econômicos, sociais e ambientais”, explica Washington Matos, gerente de Segurança, Saúde e Meio Ambiente da SVAA.

Os incêndios, acidentais, criminosos ou de origem desconhecida vêm aumentando constantemente na zona rural. Para combate ao fogo nos canaviais e suporte na região onde atua, a SVAA trabalha com melhoria contínua de sua Brigada de Incêndios, uma das maiores do Triângulo Mineiro. Cada vez mais treinada e equipada, a brigada da empresa possui um total de 309 brigadistas e 12 caminhões bombeiros. “Estamos treinados e preparados para combater incêndios, mas o nosso objetivo é que eles não ocorram, por isso é importante trabalhar a prevenção. Quando o incêndio começa, o desgaste para apagá-lo é muito grande, além de ser perigoso e dispendioso para a empresa e o meio ambiente”, reforça o coordenador da Brigada da SVAA, Eder Silva Alves.  

Durante o mês de setembro, foram realizadas reuniões e palestras nas escolas, com distribuição de material explicativo, reforçando as causas e consequências dos incêndios e as penalidades relacionadas àqueles que são provocados propositalmente. “A Polícia Militar de Minas Gerais, através da Patrulha Rural, realizou operações preventivas na Zona Rural do município de Santa Vitória, orientando produtores rurais e pessoas que diariamente utilizam as estradas vicinais a denunciar imediatamente qualquer suspeição de situações que visem a prática de incêndios criminosos, para que, nesses casos, os autores sejam devidamente identificados e responsabilizados na forma da lei, podendo tal informação ser transmitida via 190 ou através do 181, canal do DDU – Disque Denúncia Unificado”, informa o 2º Tenente Marcos Guimarães de Oliveira, comandante da Polícia Militar em Santa Vitória.

Nas palestras realizadas pelo subtenente Soni Henrique F. da Silva, do 2º Pelotão de Bombeiros Militar de Ituiutaba, os estudantes puderam vivenciar, mediante simulações, as sensações de estar meio à um incêndio e as dificuldades do bombeiro no exercício de sua função, diante de uma emergência. “A gente não tem ideia do quanto é difícil e complicado apagar um incêndio, mas ao ouvir as explicações dos bombeiros e sentir a fumaça, vestindo aquela roupa pesada, podemos dimensionar a gravidade da situação”, conclui a estudante do 3º ano da Escola Estadual Prefeito José Franco de Gouveia, Sabrina Castro.